Notícias sobre meio ambiente

O Instituto Akatu, fez uma enquete no Twitter e descobriu com os internautas, opções bem reais e interessantes, para substituir as sacolinhas plásticas. Leiam a matéria e as opiniões….

O Akatu lançou a enquete no microblog, e os internautas esquentaram o debate; para seguir o instituto no twitter acesse @institutoakatu

O Akatu perguntou aos usuários do Twitter se eles recusam sacolinha plástica e quais as alternativas que usam para substituí-las. Vale lembrar que os brasileiros evitaram no ano passado, segundo o Ministério do Meio Ambiente, 5 bilhões de sacolinhas no comércio. Segundo estimativas da campanha Saco é um Saco, também do ministério com parceiros, os brasileiros usam 150 bilhões de saquinhos por ano. Portanto, há muito ainda que reduzir.

Mais de 50 twitteiros interagiram e ainda repassaram para suas redes sociais. Contribuíram com saídas convencionais, criativas, inusitadas… Confira o debate:

Continue lendo »

Anúncios

Leia mais um motivo para usarmos sacolas reutilizáveis, nesta publicação muito bacana.

Proibição da distribuição e da venda de sacolinhas no comércio da cidade de São Paulo impõe mudança de hábitos; entre as alternativas estão sacolas retornáveis e caixas de papelão.

A lei que proíbe a distribuição e a venda de sacolas plásticas no comércio de São Paulo, aprovada pela Câmara Municipal na semana passada e logo sancionada pelo prefeito Gilberto Kassab (PSB), pôs os consumidores em uma encruzilhada. Se por um lado a retirada de circulação das sacolas traz benefícios, como a redução dos entupimentos em bueiros e do plástico descartado no ambiente, por outro impõe ao paulistano dilemas cotidianos. Como transportar as compras? E se não houver uma sacola retornável à mão? E o lixo doméstico, como descartar?

Continue lendo »

Estivemos consultando o impacto das sacolas plásticas no meio ambiente e encontramos 10 motivos pelos quais você deve recusar as sacolas plásticas.

1. Os plásticos convencionais levam cerca de 400 anos para se decompor. Segundo um levantamento do Ministério do Meio Ambiente, de 2009, cada família brasileira descarta cerca de 40kg de plásticos por ano e mais de 80% dos plásticos são utilizados apenas 1 vez.

2. Por serem leves, os sacos plásticos voam com o vento para diversos locais e acabam poluindo não apenas as cidades, mas também nossos biomas, as florestas, rios, lagos e oceanos.

Continue lendo »

A QualBrinde fabrica, importa e personaliza uma extensa variedade de produtos promocionais, e está sempre se renovando para melhor atender seus clientes.

 Essa grande diversidade aliada à preocupação com o meio ambiente e também com as próximas gerações, fez com que a QualBrinde lançasse a linha GreenEco.

 São produtos ecológicos, ligados a sustentabilidade e que reduzem o impacto ambiental de três maneiras diferentes:

 A alta durabilidade dos produtos retornáveis, compactáveis e com grande praticidade no dia-a-dia, reduz o uso das sacolas plásticas que agridem muito a natureza.

 A produção passou a ser feita com menor sobra de materiais, o que torna a sacola ou ecobag como também é conhecida um produto barato, sustentável e personalizado.

 O uso de tecidos reciclados, recicláveis, de origem não petrolífera, como o algodão, torna o produto sustentável.

 Se você é consciente, substitua as sacolas plásticas do seu estabelecimento por sacolas retornáveis.

A Câmara dos Vereadores (São Paulo) aprovou na terça feira dia 17 o projeto de lei que veta a distribuição e venda de sacolas plásticas no comércio de São Paulo.

A regra passa a valer a partir de 1º de janeiro de 2012. A multa para quem descumprir a lei vai de R$ 50 a R$ 50 milhões.

O objetivo da lei é incentivar o uso de sacolas retornáveis ou de material resistente, como por exemplo, as sacolas de algodão ou TNT.